Van Dyke

os três produtos das principais fórmulas preparam uma solução única que deve ser misturada no escuro

o citrato, mesmo da cianotipia tem que ser do verde!

o nitrato de prata exige precauções no manuseio, provoca queimaduras na pele, mancha de marrom

para fixar usa-se uma solução de fixador a 10%, ou seja umas 20 gramas de hipo para um litro de água, numa passagem rápida, se ficar muito tempo começa a esvanecer a imagem

é bom trabalhar com papéis de qualidade, do desenho de 200g de capa verde para melhor, de aquarela. o papel baratinho de 140g não vale a pena usar, não compensa o trabalho e o custo do quimico

exposição ao sol, para um negativo de raio x (que tem uma densidade nativa de base) a partir de 5 minutos, negativo denso pode chegar a 15 minutos, é mais sensível que a cianotipia

a solução escurecendo, dá para fazer um controle visual, em tempo nublado claro à partir de 15 minuos, a meia hora ou mais ainda

a revelação, no caso, sobre vidro com um chuveirinho, não tinha bacia que coubesse o papel A2

depois de fixado a cor escurece para um sépia, esta cópia está quase superexposta, veio densidade no branco do fundo

após a revelação em água corrente, fixagem rápida em solução bem diluída

foi usado um pincel muito pequeno para o tamanho do papel, poderia ter uns 8 cm de largura

cópia seca

cópia contato de um negativo 30x40cm em papel A2 - 44x66cm, dá para fazer um retrato tamanho natural

Para preparar 100ml solução

10 g de citrato férrico amoniacal (cristais verdes)
1,5 g de ácido tartárico
4 g de nitrato de prata
33 agua para cada um

Misturar cada solução separadamente com a luz acesa
na luz vermelha mistuar as três e guardar em frasco escuro.

Pode ser usado em seguida, melhor deixar maturar por 24h.
Pode ser guardado por até 6 meses (preferencia água destilada)

10ml de solução pronta revestem até 15 folhas A4 recobrindo uma mancha central no papel.

Use pincel macio, retirando o excesso de líquido (as poças deixa manchas), recubra com pinceladas rápidas, num sentido,  e espalhando rapidamente no outro sentido, tentando dar uma cobertura uniforme, sem falhas (áreas não recobertas) nem poças, que resultam manchas escuras.

O tamanho do pincel deve ser proporcional ao tamanho do papel, para papéis pequenos, até 13x18cm use trinchas de 2 a 3 cm, papéis A4 3cm. papéis maiores, 5cm.

Prefiro o uso de pincel, molhando em um pequeno pote; você vai encontrar sugestões de uso de pipeta para dosagem, rodo de vidro, rolo, entre outros.

O uso de revestir apenas uma mancha central no papel, deixando uma margem tipo “passepartout” (vulgarmente chamado de paspatur), é uma herança da gravura, e tem primordialmente a função higiênica de preservar uma área livre de tinta (ou solução química) para manuseio durante o processo, evitando sujara as mãos, o verso do trabalho, as mesas e utensílios. Entre os iniciantes volta e meia ocorre a idéia brilhante de aproveitar todo o papel…

Em sala escurecida, penumbra, ou luz vermelha / amarela, revista os papéis e deixe secar em varal ou sobre uma mesa. Pode ajudar com secador de cabelo, sem esquentar demais.

Prense bem o negativo sob uma prensa de vidro e madeira com grampos, de preferencia numa cama macia de EVA ou jornal para melhorar o contato. Prenda com grampos de pressão ou pregadores.

Exponha 2 minutos ao sol para negativos com boa transparência de base, mais densos pode chegar a 5 minutos. Nublado claro cerca de 15 minutos.

Em mesa de luz UV, de 5 a 15 minutos, se a lâmpada estiver perto do papel.

A revelação se dá em bacia com água corrente, cerca de 2 minutos são suficientes para retirar os sais não expostos, que continuam solúveis em água, a parte exposta à luz se converte em um sal insolúvel, que se mantém preso ao papel.

Fixe em uma solução de 10 a 20% de fixador fotográfico comum, diluído em água.

Ou em uma solução na proporção de 1 litro de água para 20g de Hipossuilfito de Sódio.

O tempo de fixagem é de 40 segundos a dois minutos, o suficiente para mudar a cor de amarelado para um tom de marrom mais escuro. Se passar deste tempo a imagem começa a clarear.

Lave em água corrente por 15 minutos e seque à sombra.

Depois de seco pode passar com ferro de roupa morno, pelo verso, para alisar o papel.

Após a secagem o tom de marrom fica mais escuro.

 

 

em_construcao_22….conteúdo em construção…..