Cassette Tape Cyanotypes


Allover (Dixie Chicks, Nat King Cole and Others), 2009 cyanotype, 51 1/2 x 100″


Cassette Grid No. 13, 2009
cyanotype, 22 x 30″

New-York based artist Christian Marclay is a visual artist and composer who explores the intersection of sound recording and photography.As a performer and sound artist Christian Marclay has been experimenting, composing and performing with phonograph records and turntables since 1979 to create hi

Fonte: Cassette Tape Cyanotypes | Colossal

Raio X 8×10″ – Rafael Carlan

Negativo obtido com câmera Linhof Technika 4×5″ , lente Schneider G-Claron 240mm F9 com adaptador para 8×10″,  revelado com Parodinol em filme IBF.

Fonte:  Rafael Carlan

Alternative Developer: Red Wine

Fonte: Alternative Developer: Red Wine · Lomography

Bárbara Morais fornece fórmula um pouco diferente de seu Vinhol..

Oficinas Cianotipia, Van Dyke, Antotipia, Fotolivro e filme colorido na UnB

Fonte: LAFA – Laboratório de Fotografia Alternativa

Lambe-lambe no curso de extensão do CST Fotografia da Ulbra

 

Tarde de fotografia lambe-lambe. O curso de extensão do CST Fotografia da Ulbra realizou uma atividade com uma câmera lambe-lambe, oportunizando ao alunos um momento de interação com a fotografia química e com um gênero fotográfico importante que é o retrato. Os fotógrafos lambe-lambe ofereciam uma alternativa barata e popular aos renomados e elitizados estúdios de retratos nas décadas de 30 até meados dos anos 80. As câmeras são ao mesmo tempo laboratório e câmera fotográficas, resultando numa fotografia rápida e instalado em ruas e praças movimentadas. Nos países de fala espanhola são chamadas de “minuteras” e “callejeras”, há , ainda, uma ampla utilização desta câmeras no Afeganistão onde são chamadas de “kamra-e-faoree”. Fotos de Eduarda Toledo.

Prof. Antonio Sobral

Le maniérisme du collodion

L’hégémonie de l’image numérique produit un contre-effet : le goût retrouvé pour la photographie argentique, en particulier ses plus anciens procédés. Souc

Fonte: Le maniérisme du collodion – L’Œil de la photographie

Palestra com fotógrafa e artista Cris Bierrenbach


Cris trabalha  com fotografia tendo usado diversas técnicas histórico/ alternativas como daguerreótipo, cianotipia, papel salgado e  goma bicromatada.

daguerreotipia


goma bicromatada

 

papel salgado

cianotipia sobre papel arroz

CRIS BIERRENBACH
[São Paulo,1964], fotógrafa e artista autodidata, iniciou sua carreira como fotógrafa no jornal Folha de S.Paulo em 1989. Desenvolve um trabalho artístico que, junto com a fotografia, inclui vídeo, performance e instalação, além de uma extensa pesquisa sobre técnicas de impressão do séc. XIX. Já ganhou os prêmios Prêmio Porto Seguro de Fotografia (2004), Prêmio Marc Ferrez de Fotografia da Funarte (2010), Prêmio Aquisição Centro Cultural São Paulo (2009), Prêmio de Arte Contemporânea da Funarte (2010), Prêmio Fundação Joaquim Nabuco (2011) e Prêmio Candango de Direção de Arte no 41º Festival de Cinemade Brasília (2008).

Realizou 17 exposições individuais e suas obras já foram exibidas na França, Espanha, Holanda, Japão, México, Alemanha, Argentina, Bélgica, Chile, Cuba, Estados Unidos, Inglaterra, Uruguai, Marrocos, Republica Tcheca e Portugal. Possui obras nas coleções do MASP, MAM-SP, MAC-USP, Banco Itaú, Porto Seguro, Centro Cultural São Paulo e Maison Européenne de la Photographie, entre outros. Em 2005 foi convidada pela editora Cosac Naify a publicar um livro com seu trabalho dentro da coleção Foto-Portátil. Suas obras também encontram-se publicadas em livros sobre arte e fotografia, tais como: Geração da virada, 10+1: Os Anos Recentes da Arte Brasileira, Arte Internacional Brasileira, Alegoria – Arte Brasileira – Séc XX, Geração00 – A Nova Fotografia Brasileira, Fotografia na Arte Brasileira Séc. XXI, Espejos que Dejan Ver, Mujeres en Las Artes Visuales Latinoamericanas, Fotografia no Brasil – Um Olhar das Origens ao Contemporâneo, entre outros. Participa no momento das exposições: Modos de Ver o Brasil: Itaú Cultural 30 Anos na Oca, São Paulo e Artesania Fotográfica, Espaço BNDES, Rio de Janeiro.

Entrada Franca
Organizado por Aliança Francesa Florianópolis

Terça-feira, 3 de outubro às 20:00 – 21:00
Centro Integrado de Cultura – CIC
Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600 – Agronômica
Sala Lindolf Bell – Centro Integrado de Cultura

Fonte: Palestra com fotógrafa e artista Cris Bierrenbach

Marília Bianchini – Galeria de Arte Mamute


cianotipia sobre papel japones e aquarela


inkjet sobre papel artesanal


papel artesanal


goma bicromatada

 

Matéria, paisagem | exposição-oficina

 

A Galeria de Arte Mamute convida para a abertura da exposição Matéria, paisagem – exposição-oficina da artista representada Marília Bianchini – com curadoria de Gabriela Motta, dia 29 de setembro de 2017, 20h em Porto Alegre. Com forte interesse pelo fazer artesanal e experimental, a artista trabalha com diferentes materiais e suportes para imagens fotográficas. Marília realizou residência artística Processos Experimentais em Fotografia, junto ao Lab Clube, no Rio de Janeiro/RJ. Foi indicada ao IV Prêmio Açorianos de Artes Plásticas (SMC Prefeitura de Porto Alegre) nas categorias Destaque em Desenho e Artista Revelação. Foi premiada no Salão Jovem Artista (Grupo RBS).

Fonte: Marília Bianchini – artista Galeria de Arte Mamute

Livro “Os Guardiões da Santa – Histórias dos Retratistas Lambe-lambe de Aparecida” 

Fonte: Livro “Os Guardiões da Santa – Histórias dos Retratistas Lambe-lambe de Aparecida” | Fotografia Lambe-lambe

K-Pan: the 3D Printed Panoramic Camera

25https://www.instagram.com/kohlhaussen_camera/

http://paulkohlhaussen.com/k-pan