Lambe-lambe no curso de extensão do CST Fotografia da Ulbra

 

Tarde de fotografia lambe-lambe. O curso de extensão do CST Fotografia da Ulbra realizou uma atividade com uma câmera lambe-lambe, oportunizando ao alunos um momento de interação com a fotografia química e com um gênero fotográfico importante que é o retrato. Os fotógrafos lambe-lambe ofereciam uma alternativa barata e popular aos renomados e elitizados estúdios de retratos nas décadas de 30 até meados dos anos 80. As câmeras são ao mesmo tempo laboratório e câmera fotográficas, resultando numa fotografia rápida e instalado em ruas e praças movimentadas. Nos países de fala espanhola são chamadas de “minuteras” e “callejeras”, há , ainda, uma ampla utilização desta câmeras no Afeganistão onde são chamadas de “kamra-e-faoree”. Fotos de Eduarda Toledo.

Prof. Antonio Sobral